terça-feira, 9 de outubro de 2007

Reflexão

Durante essa semana tenho refletido sobre o livro “Os Segredos do Pai Nosso”. Uma coisa que me chamou bastante atenção foi a questão da solidão.

Sempre achei, e acho que inclusive já postei algo a respeito, que a solidão era algo totalmente maligno em nossas vidas. Minha personalidade em si me leva a esse sentimento de solidão e conseqüentemente me sentia vazio.

Augusto Cury diz em seu livro que “a solidão é uma das características mais importantes e saudáveis da personalidade humana”. Duvidei, no início, dessa colocação. Como poderia ser saudável? Estou mudando de idéia.

A solidão pode sim ser doentia, mas apenas quando provoca retraimento, incertezas, fobias, reações depressivas e obsessões. Mas a solidão não é em si própria esses sentimentos? Estou entendendo que não.

A solidão pode ser benéfica a partir do momento que a utilizamos da maneira correta. Quando é que refletimos sobre a vida, tomamos consciência de caminhos errados em nossas vidas ou até mesmo exercitamos a criatividade? São nos momentos em que estamos sozinhos que tais eventos ocorrem em sua maioria. Dificilmente raciocinamos sobre a nossa história de vida se não estivermos sozinhos...

Tenho dito em postagens anteriores que é extremamente importante mantermos um diálogo constante com nós mesmos. É uma das poucas maneiras que existem para trabalharmos nossas frustrações e medos. Apenas quando dialogamos com nosso eu, podemos sonhar, projetar nossa vida alguns anos adiante.

Meus momentos de solidão agora terão um outro significado. Pelo menos tentarei trabalhar meu “eu” de forma a conseguir trazer benefícios para minha vida nos momentos em que me sinto só.

Um abraço a todos.

2 comentários:

Karin disse...

Obrigada a vc pelo comment fofo!
Também amo um café e suas variações!!
beijo.

Baby disse...

Oi, sabe estava pensando no q li em seu post, e concordo com vc sobre esse sentimento solidão, pq solidão é um estado de alma e não significa praticamente está sozinho, as vezes sentimos solidão mesmo rodeados de pessoas e concordo com vc q devemos manter um diálogo com nós mesmo, assim me lembrei de algo q li: " conheceis a verdade e a verdade vos libertará" essa verdade é conhecer a si mesmo neh?
beijos e adoro seu blog