sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Histórias.

Hoje é dia de postar alguma história da minha vida. Todavia estou atrasado e correndo, como sempre. Gosto de chegar cedo ao trabalho para poder postar. Como isso não foi possível, deixarei aqui apenas um resumo.

Neste blog você tem lido histórias da vida de uma pessoa que viveu durante 33 anos sem saber ser portador de um transtorno que atinge uma parcela da população. Esse transtorno, TDAH, é caracterizado por déficit de atenção e hiperatividade.

Falta de atenção sempre foi presente em minha infância e perdura até hoje. Hiperatividade? Para quem tem lido as histórias isso tem ficado mais do que claro. Falta de controle e impulsividade sempre estiveram presentes na vida desse garoto que atirava pedra nos carros, na fiação dos postes, que fugia de casa, que corria pela rua com os pés descalços.

Sempre tive a vontade de ser livre, de não ser rotulado de viver sem ter que dar satisfação da minha vida para ninguém. Mesmo depois de velho, percebi que continuo assim. Sempre fugindo de confrontações, me isolando de tudo e de todos. Todavia esse espaço tem me ajudado a me abrir e fazer novas amizades. Tenho conhecido pessoas super interessantes na blogsfera. Sendo assim, como falei mais cedo sobre gratidão, vai aqui o meu agradecimento a tantos amigos que têm surgido nesses últimos dias.

Mais pra frente vou continuar contando as minhas aventuras a lá Tom Sawyer.

Espero que esteja agradando aos leitores desse blog.

Um abraço a todos.

Um comentário:

Fernando Salmazzi disse...

Olá primeira vez que para para ler um post do eu blog depois de umas 2 vezes que entrei aqui. Sou novo na blogosfera. E estou começando agora a visitar novos blogs afim de conhecer novas pessoas e muito interessante ler seu texto.

Um abraço.