quarta-feira, 25 de julho de 2007

Reflexão

Refletindo sobre o que escrevi sobre as emoções dias atrás, percebi que as emoções dos outros podem derrubar nosso muros. Sempre podemos crescer um pouco mais, quando conseguimos respeitar os sentimentos de nossos amigos e daqueles que nos são queridos.

Sinto que os relacionamentos interpessoais ficam cada vez mais complicados porque nos tornamos a cada dia mais ocupados sem renovarmos as nossas energias e conseqüentemente a alegria de viver. Esquecemos daqueles que são nossos amigos, que convivem conosco. Nem lembramos mais a maneira como os julgamos ou se ao menos os conhecemos de verdade.

Sentimos maior facilidade de julgarmos o conhecimento científico de alguém (adquirido através de seu aprendizado) do que compreender quais são as suas fraquezas emocionais. Digo isso em relação aos nossos colegas de trabalho, amigos e parentes. Temos extrema dificuldade de lidar com as emoções das pessoas, e quando se trata de um amigo, a dificuldade se torna maior. Isso porque necessitamos conhecer o máximo dele e para tanto, a convivência tem que ser grande. Um antigo provérbio já dizia: “Para que uma pessoa conheça a outra, é necessário comer um saco de sal com ela”. Depois disso, provavelmente saberemos suas virtudes e fraquezas.

O melhor meio para aprendermos a lidar com as emoções dos nossos amigos e colegas é trabalhar com eles no mesmo setor. Nosso trabalho é um dos melhores lugares para nos comunicarmos que existe. Nele convivemos com diversos sentimentos sendo que muitos deles negativos, como a inveja, o orgulho, a ambição e a necessidade de auto-afirmação que todos possuímos. Por isso precisamos começar a pensar em como criar experiências positivas entre nossos colaboradores. Devemos entender que onde não há confiança não haverá união.

Procuro a cada dia trazer um incentivo a mais para aqueles que trabalham comigo. Muitas vezes digo a eles que espero não estar presente na vida deles por muito tempo, pois assim saberei que eles cresceram e conseguiram alcançar patamares mais elevados em suas vidas, principalmente se falando em termos profissionais. Espero estar contribuindo para torná-los pessoas mais produtivas, criativas e inteligentes.

Grande abraço a todos.

Um comentário:

Dany disse...

Acredito que nunca mais terei um chefinho como vc! Mais infelismente nada é eterno. Torço sempre pra q vc vença independente do lugar onde estiver...