quinta-feira, 12 de julho de 2007

Felicidade

Desde o dia 05/03/2007 que o meu conceito sobre felicidade sofreu uma grande mudança. Com o nascimento da minha “princesa” Isabella, minha vida passou a ser muito mais alegre.

Quando tinha 12 anos de idade, não me lembro mais por que circunstâncias, resolvi que gostaria de ter um filho. Fico imaginando o que se passava na minha cabeça para ter fixado essa idéia em meus pensamentos. Desde aquela época, tinha por convicção que teria um filho homem e que ele se chamaria Thiago. Para minha grata surpresa, em meados do ano passado, Lucila me comunicou que poderia estar grávida. Naquele momento muita coisa se passou pela minha cabeça. A começar pela dúvida de que estaria pronto para ser pai passando pelo fato dos médicos terem falado que a probabilidade dela engravidar era mínima, dentre outras. Uma notícia daquela serviria para abalar qualquer um, mas para mim, imaginei que seria Deus me dando de presente aquilo com que sonhei desde menino.

Digo a vocês que não tinha dúvidas quanto ao nascimento de meu tão esperado filho. Já imaginava a decoração do quarto, os presentes, as roupas, os brinquedos, os passeios, o futebol... Lucila, pé no chão como sempre, me alertava para o fato da criança poder ser menina. Isso para mim era absurdo. Como poderia eu ter sonhado por tanto tempo com um menino, ter comprado diversos brinquedos durante a minha vida, ter imaginado tantas coisas que faríamos juntos, e de repente, nascer uma menina? Não, isso não era possível.

Passados os quatro meses necessários para se consultar o sexo do bebê, fomos ao médico para fazer o tão esperado ultra-som. Eu, em minha confiança, aguardava apenas a comunicação: É menino. Confesso a vocês que não sentia nem um pouco de ansiedade quanto a isso, tamanha era a minha certeza. Bem, ao fazermos o exame, veio a surpresa: É uma menina...

A minha vontade era de contar a todos que tive a melhor das reações quando recebi a notícia. Mas essa não seria a verdade. Um sentimento de tristeza tomou meu coração naquele momento, de modo que não pude conter as lágrimas. Talvez nem tanto pelo sexo do bebê, mas mais pelo sentimento de ter sido abandonado por Deus naquele instante. Um mundo de coisas se passava pela minha cabeça. Precisei me afastar para espairecer, recobrar a consciência. Aqueles minutos pareciam eternos. Nem notei que Lucila estava a me esperar. Ela também trazia lágrimas nos olhos, mas provavelmente lágrimas de frustração por não estar podendo realizar meu sonho comigo. Aproveito esse momento para lhe pedir desculpas por meu comportamento. Sei que foi difícil para você.

Meses difíceis sucederam aquele dia. Confesso que custei bastante para me acostumar com o fato. Mas Deus, em sua misericórdia, curou a ferida que estava em meu coração. Para ir me adaptando à idéia, decidi que toda a decoração do quarto da minha filha seria feita por mim mesmo. Fiz questão de cuidar de cada detalhe, desde a pintura, até a escolha dos enfeites. Cada pequena coisa que está em seu quarto, passou pelo meu crivo. Foram alguns meses dedicados a esse “trabalho” (na verdade foi um prazer). A obra final, convido a todos para verem com os próprios olhos fazendo uma visita. Serão todos bem vindos.
Para finalizar, deixo aqui o testemunho: Assisti ao parto, e vibrei ao vê-la nascer. Hoje, não tenho nada mais precioso na vida do que minha amada filha. Não tenho mais aquele sentimento de decepção com Deus. Ele, em sua imensa sabedoria, colocou em minhas mãos uma pedra preciosa. A mais valiosa de todas. Para cuidar e apreciar.

Em uma outra postagem contarei a todos a história do nome da criança: Isabella. Se fosse falar aqui a mensagem ficaria enorme (já não está? Risos). Acho que vale a pena compartilhar com vocês como Deus nos deu o nome adequado para essa maravilhosa criança.

Um forte abraço a todos. E obrigado pelas visitas ao Blog.


Os.: Para que não fiquem dúvidas acerca da minha alegria, coloquei a foto que mais gosto aqui no Blog. Nela expresso toda a alegria de tê-la em meus braços. FILHA, PAPAI TE AMA.

4 comentários:

Douglas disse...

Tudo o que posso fazer é desejar mais felicidades pra você!!! Realmente ela é linda e é um presentão que Deus te deu pra cuidar e amar por toda sua vida,
Felicidades Léo....
Abraços.

Leony disse...

Amigão, ja vou marcar a data pra tomar
um chazinho da tarde la na sua ksa assim como os mestres da "ACADEMIA" fazem todas as tardes...(nem sei se vc sabe disso) hahahaha abração (FIOTIN)

Anônimo disse...

Leozinho,tem coisas na vida da gente q ocorre inesperadamente,mas superamos pois confiamos em DEUS e tdo q ele nos manda eu acredito q seja por provação.E sua filha é uma benção de DEUS pois é como uma luz q ilumina a nossa vida.Gostaria q meu pai tivesse um pouco de proporção do seu amor,mas sei q algo me espera.Te admiro intesamente pelo seu amor e carinho e sei q vcd será o melhor pai do mundo.O importante é ser feliz e sua felicidade esta na existencia da ISABELLA.BJÃO

Pedro disse...

estou um pouco atrasado mas tudo bem...(rsrs). Muito interessante sua história e acho q nem tudo que queremos mesmo com toda a força de pensamento positivo (lembra daquela história do poder do pensamento?), não consequimos. Deus quis que fosse menina e acho que foi como uma provação pra vc e pelo que percebo vc passou tranquilamente por ela.Um grande abraço.