quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Grata surpresa.

Nesse final de semana tive a grata surpresa de ver minha filha pela primeira vez falar: Papai. É claro que não é aquele “papai” com “todas as letras”, mas sei que ela se referia a mim.

Muito gostosa a sensação. É de deixar lágrimas nos olhos ver aquele pequeno ser te olhando nos olhos e te chamando de pai. Cada vez que eu soletrava a palavra, lá vinha ela repetindo: pa... pa..., pa...pai, pa... Muito fofa a minha princesa. Queria ter gravado um vídeo dela falando. Quem sabe durante a semana não consigo.

O mais engraçado foi ver que ela agora não quer saber de falar nem mamãe, nem vovó, nem vovô. Quando alguém fala pra ela: mamãe, ela logo responde: papai. Se alguém fala vovó, ela diz: papai. Minha baixinha sabe das coisas, certo?(risos).

Talvez ela já entenda o tamanho do amor que sinto por ela. Digo a quem quiser ouvir que não tenho nada de mais precioso em minha vida do que a Isabella. Engraçado é que antes eu queria um filho e hoje não me vejo sem ela. Presente de Deus para mim.

Espero poder ser bom o suficiente para educá-la e supri-la em todas as suas necessidades. Que Deus possa me dar forças para ser um ótimo pai para ela.

Um abraço a todos.

3 comentários:

Grási disse...

Que gracinha, Leo. Imagino o tamanho da sua emoção... Pelo pouco que te conheço, estou certa de que será um excelente pai.

Abraços.

Ana Paula disse...

Parabéns papai!!! Rsrs... Curtir esses momnentos não tem preço! Eles se constituem em experiências preciosas na nossa vida. Um abraço.

luma disse...

E esse amor só cresce! Chega a nos fazer ficar sem o ar, álias, se pudéssemos, lhe daríamos o ar. Beijus