quinta-feira, 20 de março de 2008

Adaptação.

Outro dia li um trecho interessante em um livro. Tomando o princípio emprestado, vou fazer um paralelo levando em consideração as mais diversas áreas da nossa vida.

O exemplo que li, foi relacionado à nossa vida financeira. O livro comparava o nosso nível de sucesso financeiro a uma sala controlada por um termostato, que, sempre que a temperatura varia, é acionado de forma a manter a temperatura do ambiente no mesmo patamar. Achei que realmente faz sentido o que li, mas acredito que o princípio vá muito além do exemplo citado. Ele vale para toda nossa vida.

Agora, nesse exato instante, estou com o ar condicionado da minha sala ligado. Qual o meu intuito? Deixar a temperatura do ambiente de acordo com o que é agradável ao meu corpo. E o que acontecerá? Exatamente isso, ou próximo disso. E, assim que a temperatura ficar ideal, o ar condicionado desligará, voltando a ligar apenas quando a temperatura se elevar novamente.

Nossa vida funciona dessa maneira. Todos nós temos um nível de satisfação para cada área do nosso viver. Quer seja uma temperatura “espiritual”, quer financeira, quer seja relacionada ao nosso peso, à nossa alegria, sempre teremos um termostato ligando e desligando na medida que voltamos ao nosso nível de conforto. Nesse exato instante eu sinto que vários termômetros do meu ser estão em funcionamento. Vamos a eles: vida espiritual (a temperatura precisa subir), minha saúde (a pressão precisa cair, e o peso também), minha felicidade (precisamos elevá-la) e por aí em diante.

Agora, o que estou aprendendo é que muitas vezes não atingimos o ponto ideal que desejamos porque o nosso termostato está desajustado. Dessa maneira nunca alcançamos a temperatura ideal para aquela área específica de nossa vida. Tal como disse T. Harv Eker em seu “Os segredos da mente milionária”, a melhor coisa que fazemos nesse caso, é zerarmos o termostato para depois ajustá-lo novamente. Dessa maneira você pode adequá-lo para a temperatura ideal para o momento que você está vivendo. Cada fase da vida precisa de um ajuste, mesmo que pequeno. E se nos esquecermos que temos esse “termostato”, que precisa ser ajustado, ficaremos sempre voltando ao mesmo lugar.

Um abraço a todos.

2 comentários:

Baby disse...

Leo,

QUero parabenizar sua baby pela passagem do primeiro aninho, que Deus a ilumine sempre, derramando bençãos,paz, amor, amizade, saúde entre outras coisas.

Também quero te parabenizar pelos sêlos, acredito q vc os mereça mais q eu, por q seu blog é mesmo show de bola, faz a diferença, investe em aproximidades, alem dos laços, aneis, enfim, é o amigo que nos transmite amizade e atenção, obrigada por seu carinho e amizade, que Deus abençoe sua família, muita paz

Anônimo disse...

http://lumerkoz.edu I like it so much, http://www.comicspace.com/paxil/ cantt http://www.comicspace.com/codeine/ picked http://www.ecometro.com/Community/members/Buy-Hydroxyzine.aspx stefan http://epsaservicecenter.com/members/Buy-Cipro.aspx htmstar convocation http://www.sqlprof.com/members/Buy-Inderal.aspx rand extrapolated